A Marvel Studios fez o máximo que podia para que não fossem liberados spoilers de Vingadores: Guerra Infinita, o que não é tão fácil quando se tem Tom Holland e Mark Ruffalo no elenco.

Agora, em participação no Jimmy Kimmel Live!, Don Cheadle, que vive o Máquina de Combate nos filmes da Marvel, comentou sobre quando, em entrevista antes da estreia do filme, Ruffalo entregou o final de Vingadores: Guerra Infinita.

Nada de Capitã Marvel: “A Vespa deveria liderar filme com time feminino dos Vingadores”, diz diretor


Durante a entrevista, que ocorreu durante a D23, Ruffalo disse que “todo mundo morre” em Guerra Infinita:

“Bem, se você escutar bem atentamente, ele começou a dizer a verdade e então teve de tentar dizer ‘todo mundo’ depois que quase disse ‘metade’. Então ele meio que estragou o filme todo”.

Ao ser perguntado se tiveram consequências por causa dos spoilers de Ruffalo, Cheadle respondeu, “não… não exatamente”.

Dito isso, o que salvou o filme é que ninguém acreditou nas palavras de Ruffalo, caso contrário, a maior reviravolta de Vingadores: Guerra Infinita teria sido estragada – ainda que o mesmo tenha ocorrido nos quadrinhos, em Desafio Infinito.

Vingadores: Guerra Infinita já está disponível digitalmente, em DVD e Blu-ray.