Barry Jenkins, diretor de Moonlight, comenta possibilidade de dirigir filmes da Marvel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Barry Jenkins é um dos nomes mais empolgantes da atual safra de Hollywood, tendo ganhado um Oscar pelo roteiro de Moonlight: Sob a Luz do Luar, filme que acabou também como o maior premiado daquela temporada.

Agora, enquanto Jenkins promove If Beale Street Could Talk no Festival Internacional de Cinema de Toronto, o diretor comentou sobre a possibilidade de dirigir filmes da Marvel Studios, mas que é uma oportunidade que ainda não bateu à sua porta. (via Variety)

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu não acho que a Marvel assiste Moonlight e pensa ‘Vamos fazer isso!’. Eu não recebi ofertas de filmes grandes da Marvel ou coisa do tipo, mas me ofereceram: O que você quer fazer? Foi apresentado a mim de uma maneira muito clara; você pode fazer mais ou menos o que você quiser. E o que eu quis fazer foi terminar o ciclo de Moonlight e If Beale Street Could Talk”, explicou o diretor.

Diretor de Moonlight revela episódio racista durante temporada de prêmios

A proposta a um cineasta como Jenkins não seria estranha para o estúdio de Kevin Feige, visto que a estratégia da Marvel é justamente encontrar diretores independentes que fazem sucesso em festivais, como foi o caso de Jon Watts (Homem-Aranha: Longe de Casa) e Ryan Coogler (Pantera Negra).

O novo filme de Jenkins, If Beale Street Could Talk, estreia nos cinemas americanos em 30 de novembro. Ainda não há previsão de estreia no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio