A Academia Brasileira de Cinema anunciou nesta terça-feira (11) o filme escolhido para representar o Brasil no Oscar 2019, O Grande Circo Místico. Em coletiva de imprensa, a Comissão Especial de Seleção justificou a escolha do filme de Cacá Diegues, afirmando que “o mundo está precisando de um pouco de poesia” e que este longa representa bem a nossa “brasilidade”.

O Grande Circo Místico foi selecionado, dentro outras 21 produções brasileiras, após duas horas de deliberação e receberá um grande investimento em sua campanha rumo ao Oscar 2019. O secretário do Audiovisual, Federico Maia Mascarenhas, revelou um apoio financeiro estimado em 200 mil reais para a distribuição e divulgação do filme ao redor do mundo.

A campanha também terá apoio financeiro do governo, Secretaria do Audiovisual, Ministério da Cultura e Ancine.


A cerimônia de entrega do Oscar 2019 será realizada no dia 24 de fevereiro em Los Angeles.

Oscar 2019 | Academia planeja transmissão de três horas e adiciona categoria de filme popular

Membros da Comissão Especial de Seleção da Academia Brasileira

Conheça o filme

Rodado em 2015 e inédito no Brasil, O Grande Circo Místico conta a história de cinco gerações de uma mesma família proprietária do circo. Da inauguração do Grande Circo Místico em 1910 até os dias de hoje, o público acompanha, com a ajuda de Celavi, mestre de cerimônias que nunca envelhece, as aventuras e amores da família Kieps, do seu auge a sua decadência, até o surpreendente final. Um filme que mescla realidade com fantasia em um universo místico.

Mariana Ximenes, Bruna Linzmeyer, Jesuíta Barbosa, Juliano Cazarré e Antonio Fagundes formam o elenco. Chico Buarque e Edu Lob assinam a trilha sonora.

Depois de passar pelo Festival de Cannes e abrir o Festival de Gramado, O Grande Circo Místico tem estreia marcada para 15 de novembro no Brasil.

Assista ao trailer: