Alfonso Cuarón terá a honra de representar o México na corrida pela indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2019. O longa Roma, produzido pela Netflix, foi o escolhido pelo país para entrar na seleção.

Desde que foi apresentado nos festivais de Veneza e Telluride, a imprensa internacional garante que Roma estará entre os indicados. As críticas ao filme, que foi todo feito em preto e branco, são excelentes.

O diretor pode novamente fazer história no Oscar. Em 2014, Alfonso Cuarón foi o primeiro cineasta mexicano a vencer o Oscar de Melhor Direção.


O Grande Circo Místico terá investimento de R$ 200 mil para campanha ao Oscar 2019

Apesar de ser da Netflix, Roma ganhou uma exibição especial de uma semana no México, ainda em agosto, para poder concorrer ao Oscar. O longa também deve ter lançamento limitado em cinemas norte-americanos. Já na plataforma de streaming, o filme deve estrear no dia 14 de dezembro.

Dirigido e escrito por Alfonso Cuáron, Roma gira em torno de uma jovem trabalhadora doméstica, Cleo (Yalitza Aparicio), que trabalha para uma família de classe média. Cercada pelos seus colegas de trabalho, família e filhos, Cleo luta para encontrar a felicidade em um ambiente de amor e solidariedade dentro de sua comunidade, tudo enquanto enfrenta os problemas da hierarquia social e os preconceitos sofridos pela sua classe. O filme é ambientado no México.

Podendo ter Roma entre os indicados, a cerimônia de entrega do Oscar 2019 será realizada no dia 24 de fevereiro em Los Angeles.