Sexta-Feira 13 | Roteirista do primeiro filme ganha processo contra a Paramount Pictures

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A franquia Sexta-Feira 13 encontra-se em um período complicado de direitos autorais, com o personagem de Jason Voorhees atualmente tendo seus direitos com a Paramount Pictures.

Agora, o roteirista Victor Miller, que escreveu o original de 1980, ganhou um processo contra o estúdio, podendo significar uma mudança relevante nos rumos do assassino de Crystal Lake nos cinemas. (via THR)

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com a ação legal, a produtores da Paramount afirmavam que Miller havia escrito o roteiro de Sexta-Feira 13 como um trabalho encomendado para o estúdio, que visava capitalizar em cima do sucesso estrondoso de Halloween: A Noite do Terror, em 1978.

Miller, no entanto, refutou as acusações, que significariam que a Paramount teria todo o controle da obra. Os advogados do roteirista afirmaram que ele escreveu o filme a partir de uma ideia original para o cinema, e que em maneira alguma foi uma contratação para trabalhar com Sean S. Cunningham, diretor do original a quem a Paramount refere todo o crédito criativo.

Halloween | Blumhouse está perto de adquirir direitos de mais franquias clássicas como Sexta-Feira 13 e Alien

A vitória de Miller na Justiça americana pode lhe devolver os direitos da franquia, ao menos dentro dos EUA. Outro acordo bizarro no veredito foi o de que Miller apenas criou “um personagem chamado Jason que se afoga no lago” no primeiro filme, enquanto a figura icônica de Jason Voorhees foi criada apenas nas continuações.

Talvez agora, finalmente, as amarras de Jason Voorhees sejam finalmente soltas, e o assassino ganhe um novo filme nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio