A nova comédia romântica da Netflix, Sierra Burgess Is a Loser, vem recebendo diversas críticas desde o seu lançamento. As últimas delas foram sobre a maneira como um ator surdo foi retratado no filme.

No filme, o jovem ator Cochise Zornoza interpreta Ty, o irmão mais novo de um dos protagonistas, Noah Centineo. Em uma das cenas, Sierra, vivida por Shannon Purser, encontra com a sua paixão no parque, e se finge de surda. Tudo para que o personagem de Noah, Jamey, não a reconheça pela voz. No entanto, ao se fingir de surda, a atriz acaba passando sufoco por não saber a linguagem de sinais e não imaginar que Ty tem a deficiência.

A cena foi bastante criticada. Um dos comentários contra o filme da Netflix foi feito pelo modelo e defensor da comunidade surda, Nyle DiMarco.


“Então, um dos meus mais próximos irmãos da comunidade surda está em Sierra Burgess. Quando eu fiquei sabendo, eu fiquei exaltado. Finalmente os surdos estão ganhando mais espaço no entretenimento… até descobrir que o personagem surdo foi utilizado para uma péssima piada”, escreveu o modelo nas redes sociais.

Crítica | Sierra Burgess é uma Loser

Outros internautas ainda apontaram que Ty aparece em apenas duas cenas. A outra é quando ele joga videogame com Jamey, apenas para que o público saiba que ele é surdo.

Sierra Burgess is a Loser é uma releitura do clássico Cyrano de Bergerac, filmado memoravelmente em 1990 com Gerard Depardieu no papel principal. A história, atualizada aos tempos modernos, segue uma adolescente que tem vergonha de si e tenta conquistar a sua paixão criando um perfil falso na internet.

Chrissy Metz (This is Us), RJ Cyler (Power Rangers), Kristine Froseth (Deixe Ela Entrar) e Lea Thompson (De Volta para o Futuro) completam o elenco.

A direção ficou por conta de Ian Samuels (Caterwaul) e o roteiro foi escrito por Lindsey Beer (Chaos Walking).

A nova comédia romântica da Netflix já está em exibição.