O drama 22 de Julho, do diretor Paul Greengrass, da Netflix, pode ser um dos primeiros filmes da plataforma de streaming a ganhar um grande lançamento no cinema.

A Variety aponta que o filme de Paul Greengrass deve se juntar a longas de Alfonso Cuarón e dos Irmãos Coen em um acordo para serem exibidos nos cinemas no mesmo formato que os estúdios trabalham. Anteriormente, a Netflix fazia uma exibição limitada, apenas para que os longas pudessem concorrer às premiações da sétima arte.

A Netflix estaria planejando lançar 22 de Julho não apenas na Noruega, onde o filme foi gravado, mas em mais 100 salas ao redor do mundo. Seria a maior exibição na grande telona de um filme da plataforma até hoje. Outro ponto é que nos países escandinavos o drama chegará nas telonas antes do que na plataforma, no dia 4 de outubro.


The Ballad of Buster Scruggs, dos Irmãos Coen, e Roma, de Alfonso Cuarón, devem receber um lançamento nos mesmos moldes. A Netflix, no entanto, ainda não confirma as informações.

Maniac | Netflix divulga vídeo de bastidores da minissérie

O novo drama de Paul Greengrass é baseado em um atentado terrorista da Noruega, que aconteceu em 22 de julho de 2011, em que um criminoso assassinou 77 pessoas. A trama acompanhará um grupo de jovens que tenta superar o trauma deixado pelo ato.

O elenco conta com nomes do cinema europeu como Anders Danielsen Lie, Jon Øigarden e Thorbjørn Harr. O roteiro também é de Paul Greengrass.

O longa 22 July chega mundialmente na Netflix no dia 10 de outubro.