Apóstolo, novo filme original de terror da Netflix com direção de Gareth Evans, chegou esta semana ao serviço de streaming e seu final chocou diversas pessoas.

A trama acompanha um homem chamado Thomas (Dan Stevens) que viaja para uma ilha remota e tenta resgatar sua irmã após ela ter sido sequestrada por um culto religioso. O grupo exige um resgate pelo retorno da irmã, minando a determinação do homem em resgatá-la. A trama é ambientada no início do século 20.

Para esclarecer algumas dúvidas, resolvemos explicar as cenas finais de Apóstolo a seguir.


Apóstolo | Terror da Netflix ganha trailer com elogios dos críticos

No final do filme, Thomas acaba falhando na tentativa de resgatar sua irmã do culto e se encontra preso em um celeiro. Ao conseguir se libertar, ele vai de encontro ao deus do culto (uma figura feminina de pele pálida e magra) que revela que ela estava esperando por ele.

O deus consegue fazer com que Thomas se torne seu escravo, mas o rapaz acaba libertando Jennifer e Andrea. As duas mulheres fogem da ilha usando um barco, mas como Thomas está muito ferido, ele acaba ficando para trás. Malcom, um dos seguidores do culto, aparece para Thomas e ouvimos a voz do deus dizendo “Como eu esperei por você”, segundos antes dos créditos começarem a rolar.

Na mitologia do filme, esse deus consegue tomar posse do corpo de mortais e usa-lo como receptáculos. A resposta para o final do filme e para a frase do deus é que Thomas acabou se tornando um receptáculo para o espírito do deus, que poderá continuar seu culto no futuro.

Além de dirigir o longa, Gareth Evans também é responsável por escrever o roteiro. O elenco ainda conta com nomes como Lucy Boynton, Mark Lewis Jones, Bill Milner, Kristine Froseth, Paul Higgins e Michael Sheen.

Apóstolo já está disponível na Netflix.