Em Ritmo de Fuga | Diretor revela como Suspiria de Dario Argento inspirou filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Edgar Wright (Scott Pilgrim Contra o Mundo) buscou inspiração no Suspiria original, de Dario Argento – lançado em 1977, para o seu filme Em Ritmo de Fuga (Baby Driver), de 2017.

A revelação foi feita ao Guardian, em um especial em que o jornal pediu para que cineastas citassem as suas cenas favoritas de filmes de terror e como ela ou o longa influenciou em um dos trabalhos do diretor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Muitos filmes de terror começam com um senso de normalidade, e depois você entra em um mundo de terror ao final do primeiro ato. Mas, em Suspiria, tudo é muito sinistro desde o começo, e não apenas por causa da trilha sonora de Goblin”, conta o diretor.

Suspiria | Remake de Luca Guadagnino tem a melhor média de bilheteria do ano em estreia

Com essa influência, Edgar Wright revelou que o final de Em Ritmo de Fuga buscou inspirações diretas do terror.

“Se você perceber no final de Em Ritmo de Fuga, Jon Hamm está no carro policial, e você tem as luzes vermelha e azul – isso é bem deliberado. Esse uso hiper-real das cores que mostra que você está entrando em uma dimensão fantástica – é algo que eu peguei do trabalho de Dario Argento”, descreveu Edgar Wright.

Por enquanto, Em Ritmo de Fuga teve apenas uma parte. Recentemente, o diretor Edgar Wright até provocou os fãs dando pistas sobre uma continuação, mas nada foi confirmado.

Suspiria está chegando no dia 2 de novembro com um remake nos cinemas norte-americanos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio