Quando a Warner Bros. anunciou um remake de Meu Ódio Será Sua Herança com Mel Gibson anexado para escrever e dirigir, muitos acharam que seria uma má ideia – incluindo o próprio Gibson.

Enquanto promovia Dragged Across Concrete, filme que estrela com Vince Vaughn, o ator falou ao Deadline sobre seu trabalho no remake do faroeste clássico, e como achou uma ideia ruim no início.

“No começo, eu achei que era uma ideia ruim. Por que fazer Meu Ódio Será Sua Herança de novo? Quem faria isso? Eu pensei a respeito e fui pensando cada vez mais e então eu encontrei uma forma de contar a história. Eu estive sentando em uma sala com um roteirista e tem sido incrível. Então começou como uma ideia ruim, mas está caminhando em direção a algo especial. É sobre últimas chances e homens com vidas baseadas na violência… esses caras do filme original? Eles riem bastante, mas não é engraçado”, comenta o ator e diretor.


Dragged Across Concrete | Mel Gibson e Vince Vaughn aparecem em imagem do suspense

Dirigido por Sam Peckinpah em 1969, o clássico do gênero faroeste narra a história de uma gangue que procura um último golpe na era decadente do Velho Oeste americano. O grupo é perseguido por um ex-membro da gangue em uma jornada de vingança.

O longa original contou com um elenco formado pelos nomes de Wiliam Holden, Ernest Borgnine, Robert Ryan, Edmond O’Brien, Warren Oates, Jaime Sanchez e Ben Johnson.

A Warner Bros não anunciou uma data de estreia para a nova versão de Meu Ódio Será Sua Herança.