A comédia O Virgem de 40 Anos, protagonizada por Steve Carell, poderia nem ter sido lançada. Ao menos, é o que afirma o próprio ator.

Em recente entrevista à Esquire, o ator revelou que o estúdio achou o personagem parecido com um assassino em série. As gravações chegaram até a ser interrompidas nas primeiras semanas.

“As primeiras gravações do meu personagem eram muito assustadoras. Eles disseram que eu parecia um serial killer”, relembrou o ator.


Na trama, Steve Carrell interpretava um homem que nunca teve relações sexuais. De repente, a sua vida muda completamente quando os seus amigos buscam ajudá-lo a ter a sua primeira vez.

The Office | Steve Carell não acha uma boa ideia ter um revival da série

O ator ainda revelou outro fato curioso que aconteceu na época em que estava gravando o filme.

“Eu tinha um reencontro do ensino médio um pouco antes do filme ser lançado. Eu não via essas pessoas há anos. Eles começaram a falar no que estavam envolvidos, e eu lembro de ter mencionado que estava gravando um filme chamado O Virgem de 40 Anos, e eu refleti, e percebi o quão estúpido soou para todas aquelas pessoas”, contou o ator.

No momento, Steve Carrell está lançando o filme Beautiful Boy. O drama ainda não tem previsão de estreia no Brasil.