Red Sonja | Diretor de X-Men vai ganhar US$ 10 milhões para comandar filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de ter sido acusado de estupro de um garoto de 17 anos, Bryan Singer ainda está encontrando trabalhos em Hollywood, pelo que parece. De acordo com o THR, o diretor de múltiplos filmes dos X-Men pode receber um salário de 10 milhões de dólares pela adaptação cinematográfica de Red Sonja – também baseado em quadrinhos.

As negociações ainda estão ocorrendo, mas parece que o estúdio não teme a repercussão negativa que certamente o filme terá por ter Singer como seu diretor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova versão de Red Sonja está sendo financiada e produzida pela Millennium, que teria escolhido o diretor, apesar de sua má reputação após diversas acusações de pedofilia terem surgido contra o diretor.

20 filmes esquecíveis da Marvel que quase ninguém mais lembra

O roteiro do filme está sendo escrito por Ashley Miller, que escreveu o roteiro de X-Men: Primeira Classe (produzido por Singer).

Recentemente, Singer foi demitido da direção de Bohemian Rhapsody, cinebiografia do Queen, após não comparecer repetidas vezes ao set de filmagens (em meio à outras acusações, incluindo estupro).

Apesar disso, Singer está supervisionando a montagem de Bohemian Rhapsody e irá receber integralmente os créditos de diretor do filme.

Ainda não há previsão de estreia, ou detalhes sobre a trama de Red Sonja.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio