Venom | Diretor explica motivo de ter escolhido Riot e não Carnificina como vilão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando a trama de Venom foi revelada, muitos fãs começaram a questionar os motivos de Riot ter sido escolhido como o vilão do longa. Muitos acreditaram que o Carnificina seria o escolhido, por ser mais popular.

Ao CBR, o diretor Ruben Fleischer explicou o motivo de ter tomado essa decisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você sabe, há um certo simbionte que os fãs estão mais empolgados para ver. Mas ele está fora da jogada. Tomara que em algum ponto do futuro esteja. Nós queríamos deixar o mais aguardado para o futuro. E também porque nós realmente queríamos que esse fosse o filme do Venom”, disse o diretor.

Mas, Ruben Fleischer acredita que o Riot não fica abaixo do vilão que todos queriam ver no filme.

Venom | Diretor explica por que decidiu incluir AQUELE vilão no pós-créditos

“E então, honestamente, quem é o mais legal que não seja aquele simbionte? O mais durão, sabe? Foi dali que Riot veio. Ele é o maior dos simbiontes da Life Foundation, ele tem aquela grande arma de metal. Eu não queria dizer que foi uma decisão puramente estética, porque certamente a estética teve grande influência”, declarou o diretor.

Desenvolvido pela Sony, Venom pretende abordar um lado anti-herói do vilão, e não deve contar com a presença do Homem-Aranha. A ideia do estúdio é estabelecer seu próprio universo compartilhado com personagens do Cabeça de Teia, colocando responsabilidade nos ombros do diretor Ruben Fleischer (Zumbilândia).

Tom Hardy, Michelle Williams, Riz Ahmed, Michelle Lee e Woody Harrelson compõem o elenco principal.

Venom está em exibição nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio