Frankenstein é uma das obras definitivas da literatura de terror, e sua passagem pelas telas do cinema já rendeu diversos exemplares e adaptações de qualidades variantes.

Agora, a Biblioteca do Congresso americano restaurou a primeira adaptação do clássico de Mary Shelley, que foi produzida por Thomas Edison em 1910, nos primórdios do cinema mudo.

Além de restaurada, a película de apenas 13 minutos foi disponibilizada gratuitamente no YouTube, podendo ser conferida no link abaixo.


Searle Dawley dirihiu Frankenstein para a Edison Manufacturing Company, e a Biblioteca produziu uma trilha sonora inédita com a ajuda do compositor Donald Sosin.

https://youtu.be/7zQpiFn5wfo?t=1