O ator Mark Wahlberg deu uma entrevista ao Screen Rant em que falou sobre sua relação com seu falecido colega de trabalho, Burt Reynolds.

Para Wahlberg, Reynolds era merecedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Boogie Nights: Prazer Sem Limites, aclamado longa em que os dois contracenaram.

“Sei o quanto era importante para ele ser reconhecido por seu trabalho”, disse. “Com a política e tudo mais, creio eu, se ele tivesse abraçado o filme desde o início, ele teria ganho o Oscar.”


Era Uma Vez em Hollywood | Bruce Dern substitui Burt Reynolds em filme de Tarantino

Mark Wahlberg se refere ao fato de Burt Reynolds não ter reagido bem à pequena participação de seu personagem no longa-metragem. O astro queria que seu papel tivesse mais falas e acabou ficando descontente com o diretor Paul Thomas Anderson.

O filme conta a história de um jovem que se aventura na indústria pornográfica da Califórnia nas décadas de 70 e 80. O elenco ainda contou com grandes nomes como Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, William H. Macy e Don Cheadle.