Nicole Kidman, em entrevista à revista Variety, revelou que chegou a ficar deprimida por conta de sua transformação física em O Peso do Passado (Destroyer), filme onde interpreta uma detetive.

“Eu estava muito, muito deprimida. Chegou EMJ ponto onde meu marido [Keith Urban] disse ‘Quando é que esse inferno vai acabar?’”, afirmou a atriz para o portal.

Para interpretar a detetive Erin Bell, Kidman disse que precisou usar próteses faciais e adotar um andar manco característico. Além da transformação física, Nicole aprendeu a atirar e passou por um treinamento exaustivo com um veterano militar: “Treinei aproximadamente por um mês diariamente. Foi frio e foi cansativo”, revela.


Destroyer | Nicole Kidman vive detetive perturbada no primeiro trailer

No filme, Kidman interpreta uma detetive policial que “reconecta com as pessoas de seu passado distante em uma missão disfarçada, a fim de obter paz”. O grupo é uma espécie de culto no qual a personagem de Kidman passa anos infiltrada.

O Peso do Passado é dirigido por Karyn Kusama, com roteiro de Phil Hay e Matt Manfredi. Além de Kidman, o elenco traz Toby Kebbell, Tatiana Maslany, Sebastian Stan, Scoot McNairy e Bradley Whitford.

O Peso do Passado estreia no dia 31 de janeiro de 2019, no Brasil.