Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o presidente da Marvel, Kevin Feige, que atua como produtor nos filmes da editora, destacou novamente o longa Pantera Negra.

O executivo da empresa citou o aprendizado que a Marvel teve com o filme e analisou o atual cenário da diversidade em Hollywood ao mesmo tempo.

“Bem, uma questão é: as pessoas deveriam ser forçadas a isso? Talvez sim, talvez não. Se você está na posição de poder, contratando, nós aprendemos – nos nossos últimos filmes e em filmes que estão em produção ou não foram anunciados – que quanto mais diverso o grupo de pessoas ao redor da mesa, melhor o filme”, citou o diretor.


Nesse trecho, Kevin Feige falou sobre o diretor Ryan Coogler, de Pantera Negra, que quis dar oportunidade para novos funcionários e atores no longa.

Pantera Negra arranca braço de Deadpool em HQ

“O caso de cada membro da equipe que ele trouxe para nós, eles foram espetaculares. E isso aconteceu porque estávamos abertos a ouvir o diretor e dar oportunidade para as pessoas. E agora, você sabe, estamos desesperados para trabalhar com eles em todos nossos filmes”, afirmou o presidente do estúdio.

No momento, Pantera Negra está aguardando uma sequência, que será desenvolvida pelo próprio Ryan Coogler.

O primeiro filme do herói mostrou o rei de Wakanda enfrentando problemas políticos para administrar a nação fictícia, que contou com ataques dos vilões Garra Sônica e Erik Killmonger.

O elenco foi composto por Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o, Danai Gurira, Letitia Wright, Daniel Kaluuya, Andy Serkis, Martin Freeman, Forest Whitaker, Angela Bassett e Sterling K. Brown.

Pantera Negra 2 ainda não tem data de estreia revelada.