007 | Dominic West afirma que próximo James Bond deveria ser transgênero

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dominic West, um dos famosos britânicos sempre ligados ao papel de James Bond, declarou em recente entrevista que o próximo agente deveria ser transgênero. A declaração foi feita em entrevista à Sunday Times Magazine.

Para a estrela, o intérprete escolhido também deveria ser transgênero. Dominic West ainda deu como exemplo o ator Jake Graf, que esteve no longa Colette, e a sua esposa, Hannah Graf.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Talvez um Bond transgênero seria legal. Tem uma mulher muito legal que é esposa de um ator do filme Colette, que é capitã de engenharia elétrica, é a transgênero mais graduada do exército”, disse o britânico, se referindo a Hannah Graf.

Dominic West ainda indicou a atriz para o papel de James Bond. Hannah Graf tem, inclusive, experiência no Afeganistão com tropas britânicas.

“Ela é uma mulher loira bonita que seria uma Bond sim. É, aliás, uma ideia brilhante. Eles deveriam ter uma Bond transgênero, porque também há muitas pessoas transgênero no exército”, declarou o ator.

James Bond teria “grave problema com álcool” na vida real, segundo novo estudo

Bond 25 será o último filme de Craig na pele do agente secreto James Bond, após Cassino Royale, Quantum of Solace, Operação Skyfall e Spectre.

Cary Fukunaga acabou sendo escolhido para dirigir Bond 25. O diretor é mais conhecido pela primeira temporada de True Detective e o filme Beasts of No Nation, da Netflix.

Bond 25 estreia no dia 14 de fevereiro de 2020, no Reino Unido. A data de lançamento no Brasil ainda não foi anunciada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio