Americano é obrigado a assistir Bambi todo mês em condenação por caça ilegal

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um americano do estado de Missouri foi condenado a assistir o clássico da Disney, Bambi, todos os meses por três anos após ser julgado pela morte de “algumas centenas de veados”.

Artista que inspirou Bambi morre aos 106 anos

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

David Berry Jr., de 29 anos, foi um dos três condenados em uma das maiores ações de combate à caça ilegal de veados no estado.

Além das sessões de Bambi, o caçador também foi condenado a um ano de prisão em regime fechado e 120 dias em outra cadeia devido à outros crimes relacionados à armas de fogo.

A condenação de David Berry Jr. surgiu de uma investigação de quase nove meses envolvendo caçadores de troféus que atacavam covardemente grandes grupos de veados durante a noite, cortando suas cabeças e deixando os corpos para apodrecerem.

O criminoso também não poderá caçar, pescar, ou manter qualquer atividade relacionada à vida animal pelo resto de sua vida.

“Cortar as cabeças é a versão deles de obter um troféu. Enquanto alguns caçadores perseguem veados pelo valor comercial dos chifres, os processados nesse caso faziam isso apenas pelo prazer do assassinato em si”, afirmou Randy Doman, um dos comandantes da operação.

Lançado em 1942, Bambi conta a história de um pequeno veado que vive diversas aventuras na floresta, e acaba perdendo a mãe, assassinada por um caçador.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio