Aquaman | Diretor cortou sangrenta cena com tubarões por ser muito “deslocada”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aquaman, de James Wan, não teve medo de abraçar os aspectos mais surreais do personagem e de sua mitologia, embora houvesse uma cena que acabou sendo descartada por ser muito sangrenta e deslocada na trama.

Em entrevista ao Collider, o cineasta descreveu uma cena envolvendo tubarões, um motim e muito sangue.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Tinha uma sequência muito peculiar… Não era o estúdio, mas eu dizendo: ‘Não acho que podemos ter isto, é um pouco estranho’”, disse. “Embora tivesse adorado. Na cena, Aquaman é preso pelo rei Orm e é jogado em um calabouço, uma prisão horrível no fundo de Atlântida. Ele acaba iniciando um motim na prisão, onde todos os guardas eram tubarões… Ele mata um dos tubarões e ele começa a sangrar, então isto começa um frenesi em todos os outros tubarões, com nuvens de sangue ondulando por toda parte – e ele usava isto para escapar. Eu ficava tipo, ‘Caramba, não sei se posso fazer isso’.”

Aquaman | James Wan reflete sobre a liberdade criativa necessária para a produção do filme

O elenco de Aquaman conta também com, além de Jason Momoa no papel do herói, Patrick Wilson como Mestre do Oceano, Nicole Kidman como a Rainha Atlanna, Willem Dafoe como Vulko e Amber Heard como Mera.

O cineasta James Wan, de Invocação do Mal e Velozes & Furiosos 7, foi o responsável pela direção.

Aquaman está em exibição nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio