Batman: O Cavaleiro das Trevas | Diretor de fotografia ainda não acredita que filme não é para maiores

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de dez anos do lançamento de Batman: O Cavaleiro das Trevas, o diretor de fotografia Wally Pfister foi entrevistado pela Vulture, onde falou sobre o sucesso do filme.

Indicado ao Oscar por seu trabalho no filme de Christopher Nolan, Pfister revelou que ainda está surpreso pelo fato de o filme não ter recebido uma censura para maiores de idade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É meio chocante que O Cavaleiro das Trevas acabou pegando censura para 13 anos. Todos os filmes de Chris seriam 13 anos para expandir para um público maior. De alguma forma, ele sempre teve uma mágica com a MPAA. Na cena do lápis eu falei, ‘Você não vai conseguir a PG-13 com isso. De jeito nenhum isso vai entrar. Ele está enfiando o lápis na cabeça do cara!’”, relembra Pfister.

“E eu estava certo. Chris sempre estava certo, gostando ou não. Você ficava, ‘P***, você acertou de novo’. Com o truque do láois, eu pensei, ‘se ele tiver a quantidade certa de leveza, vamos poder vender isso e não sair como algo violento, mas sairá coml um truque de mágica e vai virar uma frase marcante.’ E foi isso!”, diz o diretor de fotografia.

Batman: Damned | HQ revela verdadeiro motivo do Cavaleiro das Trevas não usar armas de fogo

Batman: O Cavaleiro das Trevas foi lançado em 2008, e até hoje é um dos filmes mais elogiados do personagem, especialmente pela performance de Heath Ledger, o que acabou proporcionando para o ator um Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio