Criador de Black Mirror, o escritor Charlie Brooker não aprovava a ideia de um episódio interativo quando a Netflix apresentou a ideia há algum tempo atrás.

Em entrevista à Variety, Brooker se lembra que disse apenas “De jeito nenhum” quando recebeu a proposta, mas acabou aceitando quando descobriu uma boa história para contar de maneira interativa – ele próprio escreveu o roteiro de Bandersnatch, que acabou sendo um filme de longa-metragem em vez de um episódio comum.

Black Mirror: Bandersnatch | Crítica


Bandersnatch é sobre a história de um jovem programador que cria um jogo a partir de um romance. No entanto, o protagonista começa a perder o controle sobre o que é a realidade e o que é o mundo virtual.

O especial de Black Mirror vai contar um recurso inédito: o espectador poderá escolher o final do filme, contando com 5 horas de material gravado.

O protagonista desse especial de Black Mirror é Fionn Whitehead, que fez sua estreia nas telas com Dunkirk.

Black MirrorBandersnatch está disponível na Netflix.