Bohemian Rhapsody | Cinebiografia pode ganhar continuação com anos finais de Freddie Mercury

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Brian May, guitarrista do Queen, segue respondendo às críticas da cinebiografia Bohemian Rhapsody, de Freddie Mercury. Dessa vez, junto das declarações, o músico deu uma notícia importante sobre filme.

Apesar do sucesso nas bilheterias, o filme sofre com comentários de que é superficial, mudou a ordem cronológico de acontecimentos importantes e fatos da vida de Freddie Mercury. Brian May segue afirmando que o cantor, se estivesse vivo, teria adorado Bohemian Rhapsody.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu acho que ele teria sentido que era um retrato justo, na verdade. O filme mostra toda a sua grandeza e toda a sua falibilidade e insegurança”, afirmou o guitarrista ao Express.

O membro original do Queen também garantiu que o final do filme exibido estava nos planos iniciais. Além disso, desmentiu que houve a intenção de mostrar a vida da banda sem Freddie Mercury.

“Alguém sem importância disse: ‘Ah, eles vão retratar Freddie morrendo no meio do filme, e então o resto será sobre a vida sem Freddie. Bom, imbecis. É tudo sobre Freddie, e acho que o Live Aid é um bom ponto para terminar o filme”, contou Brian May.

Bohemian Rhapsody | Música do Queen é eleita a mais baixada do século 20

Logo depois, o guitarrista deu a grande notícia: o longa pode ter uma continuação.

“Quem sabe, pode haver uma sequência. Quem sabe pode haver um filme sobre a vida de Freddie entre 1985 e 1991”, declarou o músico, sem dar maiores informações.

Bohemian Rhapsody retrata a rápida ascensão de Freddie Mercury (Rami Malek) e do Queen ao sucesso. A trama ainda pretende explorar a relação do líder com os seus colegas de banda, Brian May (Gwilym Lee), John Deacon (Joseph Mazzello) e Roger Taylor (Ben Hardy).

O elenco ainda conta com participações de Lucy Boynton, Mike Myers e Tom Hollander.

A direção ficou por conta de Bryan Singer. Já o roteiro é assinado por Anthony McCarten, que foi indicado ao Oscar pelos dramas biográficos A Teoria de Tudo e O Destino de uma Nação.

Bohemian Rhapsody está em exibição no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio