Diretora argentina que negociou para dirigir Viúva Negra critica Marvel Studios: “Não confia em mulheres para fazer ação”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao longo do ano, a Marvel Studios manteve um processo extenso para encontrar uma diretora para Viúva Negra, primeiro filme solo da agente secreta de Scarlett Johansson no estúdio.

Uma das candidatas foi a argentina Lucrecia Martel (Zama), que falou ao Daily Pioneer sobre a experiência, além de trazer algumas críticas ao processo do estúdio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu recebi um e-mail da Marvel para uma reunião. Porque eles estavam procurando diretoras para Viúva Negra. Então eu fui até a reunião. Na verdade eu assinei uma coisa onde eu não podia falar sobre o encontro. Marvel e outras produtoras estão tentando envolver mais cineastas mulheres”, diz Martel.

“Eu acredito que outra diretora está fazendo o filme agora. O que eles me falaram na reunião foi ‘nós precisamos de uma diretora mulher porque precisamos de alguém que esteja preocupada com o desenvolvimento da personagem de Scarlett Johansson’. Eles também me falaram ‘não se preocupe com as cenas de ação, nós vamos cuidar disso.’ Eu fiquei pensando, bem eu adoraria conhecer a Scarlett Johansson, mas eu também adoraria poder fazer cenas de ação”, disse a diretora.

“Os estúdios estão interessados em cineastas mulheres, mas eles ainda acham que cenas de ação são para diretores homens. A primeira coisa que eu perguntei a eles foi se poderiam mudar os efeitos especiais, porque há muitas luzes de laser… Eu acho horrível. E também, a trilha sonora dos filmes da Marvel é bem horrenda. Talvez nós discordemos nisso, mas é difícil assistir um filme da Marvel. É doloroso para os ouvidos”, dispara.

Viúva Negra | Chamada de elenco revela detalhes sobre os personagens do filme solo

Cate Shortland será a diretora de Viúva Negra, depois de passar por uma seleção que contou ainda com Kimberly Pierce (Meninos Não Choram), Amma Asante (Um Reino Unido), Maggie Betts (Novitiate) e Melanie Laurent (Galveston).

O filme é o primeiro solo de Natasha Romanoff, que será interpretada por Scarlett Johansson. A trama deve contar a história da Viúva Negra antes de ser recrutada para os Vingadores. Um roteiro inicial já teria sido escrito por Jac Schaeffer.

Viúva Negra deve estrear em 2020.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio