Com Era Uma Vez um Deadpool apresentando uma versão para menores do Mercenário Tagarela de Ryan Reynolds, muitos se perguntam como o personagem pode funcionar sem os palavrões e a violência.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a atriz Brianna Hildebrand, que interpreta a mutante Negasonic Teenage Warhead nos dois filmes de Deadpool, acredita que o personagem pode, sim, funcionar fora da censura pra 18 anos.

“Eu falei com tantos pais que estão sempre trazendo seus filhos à minha mesa em convenções e falam, ‘Ah, você sabe, eles amam você nessa parte, é a única parte que eu deixo eles verem’. Deadpdool está muito ciente de que não está vivendo no ideal do super-herói”, diz Hildebrand.


“Há muita representatividade acontecendo ao longo de Deadpdool, o que eu acho que boa parte do público jovem está bem apaixonada, e eles querem ver isso. E Deadpool faz isso de um jeito legal, engraçado”, continua.

Era Uma Vez um Deadpool | Novo cartaz da versão para menores ofende os mórmons

Em formato de conto de Natal, Deadpool 2 será contado pelo mercenário, vivido por Ryan Reynolds, ao ator Fred Savage. O filme deve mesclar essa interação com as cenas já conferidas na primeira versão para os cinemas.

Deadpool 2 estreou em maio e arrecadou cerca de 734,2 milhões nas bilheterias mundiais, ficando um pouco abaixo do primeiro filme.

Era Uma Vez um Deadpool estreia nos cinemas brasileiros em 27 de dezembro.