Girl | Bailarina que inspirou a produção da Netflix responde críticas feitas ao filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Girl, filme belga produzido pela Netflix, parece ter tido a melhor das intenções ao narrar a história de uma bailarina transsexual, mas isso não impediu o longa de ser criticado por ativistas LGBT+. As críticas vão desde cenas de violência contra pessoas trans, até o fato do longa ter sido dirigido por uma homem cisgênero com um ator cisgênero como protagonista.

Em vista dessas críticas, Nora Monsecour, a bailarina real que inspirou a história do filme, resolveu responder àqueles que criticaram a obra por tais motivos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quem está criticando Girl está impedindo que outras histórias trans sejam compartilhadas com o mundo. Todos os dias em vejo pessoas trans lutando por seus sonhos. Eles não são fracos e frágeis e Girl conta uma história sem mentiras. Dizer que a experiência de Lara [a personagem do longa], não é valida por termos um ator cis ou por ter sido dirigida por Lukas [Dhont, o diretor], acaba me ofendendo” escreveu Monsecour em publicação do Hollywood Reporter.

Girl | Diretor impediu a Netflix de cortar cena de nudez do filme

O filme belga narra a história de uma garota transgênera que treina para se tornar uma bailarina, sendo premiado com o Fipresci Prize no Festival de Cannes.

Girl chegará ao catálogo da Netflix em 18 de janeiro de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio