James Bond teria “grave problema com álcool” na vida real, segundo novo estudo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Todas as bebidas que James Bond, o 007, tomou ao longo de sua bem-sucedida franquia cinematográfica teriam se tornado um grave problema para ele na vida real, de acordo com estudos de pesquisadores da saúde pública.

Estudantes da Universidade de Otago, na Austrália, totalizaram o consumo de bebidas de Bond ao longo da franquia e escreveram um relatório com suas descobertas, concluindo: “Há fortes e consistentes evidências de que James Bond possui um problema crônico de consumo de álcool, estando no extremo ‘severo’ do espectro”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O relatório foi publicado no Jornal Médico da Austrália e descobriu que James Bond bebeu 109 vezes durante a franquia, o que significa uma média de 4,5 vezes por longa-metragem, número que é considerado muito alto tendo em vista que o agente faz atividades arriscadas como dirigir em alta velocidade e combater fisicamente seus adversários.

O longa-metragem em que 007 mais se embriagou foi 007 – Quantum of Solace, de 2008, no qual bebeu 24 unidades de álcool.

Bond 25 | Lea Seydoux e mais três atores de 007 Contra Spectre retornam em novo filme

Bond 25 será o último filme de Daniel Craig na pele do agente secreto James Bond, após Cassino Royale, Quantum of Solace, Operação Skyfall e Spectre.

Cary Fukunaga acabou sendo escolhido para dirigir Bond 25. O diretor é mais conhecido pela primeira temporada de True Detective e o filme Beasts of No Nation, da Netflix.

Bond 25 estreia no dia 14 de fevereiro de 2020, no Reino Unido. A data de lançamento no Brasil ainda não foi anunciada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio