Pinóquio | Versão sombria de Guillermo del Toro será uma parábola política

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A versão em stop motion de Pinóquio, que está sendo desenvolvido por Guillermo del Toro, ganhou novos detalhes do roteiro. A informação é do The Hollywood Reporter.

De acordo com o portal, o filme não promete ser apenas sombrio, mas também político. O indicativo é de que o longa seja uma “parábola política”. O diretor comentou a informação, mas de maneira limitada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não será um filme de Pinóquio para família”, declarou Guillermo del Toro.

A história se passará em 1930, na Itália, sendo baseada na trama original de Carlo Collodi, de 1883. O diretor confirma que a trama aborda o crescimento do fascismo.

“Será durante o surgimento de Mussolini, faça as contas”, ainda afirmou Guillermo del Toro.

Pinóquio | Versão sombria de Guillermo del Toro ganha previsão de estreia na Netflix

Contando que não há “fábula sem política”, o aclamado diretor diz que a trama pode ter alguma inspiração de Frankenstein.

“Ele é uma criatura criada de maneira não-natural de um pai que depois ele se distancia. Pinóquio tem que aprender sobre a dor e a solidão”, explicou o cineasta.

Ainda não há nomes para o elenco dessa versão de Pinóquio. O roteiro foi escrito pelo próprio Guillermo Del Toro ao lado de Patrick McHale. O mesmo vale para direção, em que o cineasta fará dupla com Mark Gustafson. A produção de Pinóquio começa nos próximos meses.

Pinóquio chega em 2021 na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio