Vice-presidente dos Estados Unidos durante o governo de George W. Bush, Dick Cheney, o tema central da cinebiografia Vice, de Adam McKay, foi uma figura controversa enquanto trabalhou para a Casa Branca.

Em 2006, Cheney se envolveu em um incidente particularmente estranho: enquanto caçava codornas com o advogado Harry Whittington e outra duas mulheres, o ex-vice presidente acabou baleando o rosto de Whittington, quase o levando à morte. Embora tenha sido considerado acidental, Cheney jamais prestou esclarecimentos publicamente nem ofereceu desculpas ao advogado.

Este singular momento da vida de Cheney é abordado em Vice e, apesar de ter sido traumatizante, Whittington ainda pretende assistir ao longa-metragem.


“Planejo assisti-lo e algumas de minhas filhas conversaram sobre assistir após o trailer”, contou ao Daily Mail. “Não sabemos muito sobre o filme e não fomos contatados pelos produtores. O trailer não retrata exatamente o que aconteceu e não havia nenhum automóvel envolvido.”

Whittington explicou como tudo aconteceu: “Estávamos caminhando atrás de alguns cães, o vice-presidente estava à minha esquerda. Vi que ele estava mirando sua arma na direção de um pássaro que havia voado para cima. Me lembro apenas deste movimento e do cheiro da pólvora. Quando acordei, já estava em uma ambulância, a caminho do hospital.”

Vice | Filme quase teve um número musical com Christian Bale e Steve Carrell

O elenco de Vice conta com Christian Bale no papel do protagonista Dick Cheney, Amy Adams como sua esposa Lynne Cheney; Steve Carell, que encarna o ex-secretário de defesa, Donald Rumsfield; Sam Rockwell na pele de George W. Bush, controverso ex-presidente dos EUA; e o grupo de atores formado por Jesse Plemons, Alison Pill, Lily Rabe, Tyler Perry, Justin Kirk, LisaGay Hamilton, Shea Whigham e Eddie Marsan.

Adam McKay é o diretor e roteirista de Vice, seu primeiro filme após ser premiado com o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em A Grande Aposta, que também foi indicado a Melhor Filme.

Ex-presidente de uma empresa petrolífera, Cheney foi o escolhido por Bush para ser seu companheiro de campanha entre 2000 e 2008, e sua enorme influência sobre o presidente lhe garantiu o título de vice mais poderoso da história do país.

Vice estreia nos cinemas brasileiros em 31 de janeiro de 2019.