Durante uma entrevista à Press Association no Reino Unido, a atriz Rachel Weisz revelou que tem sido difícil para ela encontrar filmes com personagens femininas tão complexas quanto às do seu mais recente longa, A Favorita, que além dela, tem Emma Stone e Olivia Coleman formando o trio principal da obra.

“Nesse período atual do cinema, é um tanto quanto pouco usual ter essas três personagens – essas três mulheres, todas cheias de camadas e complexas, e tendo aspectos tão diferentes” disse a atriz. “Elas não são apenas uma coisa, são várias coisas”.

Weisz, entretanto, admitiu que os dias atuais podem ser mais frutíferos para mulheres contarem suas próprias histórias. “É um bom momento para as mulheres escreverem, mas acho que se os homens pudessem se expressar, eles diriam que também tem sido difícil achar personagens masculinos mais complexos, então talvez a ficção para os humanos não seja tão interessante quanto pode ser no cinema”.


BIFA Awards | A Favorita vence 10 prêmios da premiação

A Favorita é o mais novo longa do cineasta grego Yorgos Lanthimos (O Lagosta). Na trama, acompanhamos a intriga entre a duquesa Sarah Churchill (Rachel Weisz) e Abigail (Emma Stone), uma criada que começa a cair nas graças da Rainha Ana (Olivia Colman) e ameaça a posição de Sarah.

A Favorita estreia nos cinemas brasileiros em 24 de janeiro de 2019.