Na 76ª edição do Globo de Ouro, Christian Bale ganhou o prêmio de Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical por sua performance como o ex-vice-presidente americano Dick Cheney em Vice. Em seu discurso, Bale fez graça e agradeceu à Satã pela inspiração.

Em crise, Globo de Ouro sofre nova baixa em audiência

O pronunciamento fez sucesso nas redes sociais, mas alguns grupos conservadores americanos se sentiram ofendidos com a menção ao Diabo. O apresentador Brian Kilmeade, do programa Fox and Friends, ficou injuriado com a fala do ator.


“É um verdadeiro insulto para um cara que passou a vida toda no serviço público, de Secretário de Defesa à Chefe de Pessoal e Vice-Presidente dos Estados Unidos. Isso faz o Bush, a Condoleezza Rice e Donald Rumsfeld aparecerem horríveis”, esbravejou Kilmead.

Liz Cheney, deputada republicana e filha de Dick Cheney, também criticou o ator, postando em seu Twitter o link de uma matéria sobre a prisão de Christian Bale por agressão em 2008, acompanhado da legenda “Satã provavelmente o inspirou a fazer isso também”.

Globo de Ouro 2019 | A lista completa dos vencedores

Christian Bale concorreu com Lin-Manuel Miranda (O Retorno de Mary Poppins), Viggo Mortensen (Green Book: O Guia), Robert Redford (The Old Man & The Gun) e John C. Reilly (Stan & Ollie).

A 76ª edição do Globo de Ouro foi realizada na noite de domingo (6) em Los Angeles, em cerimônia apresentada por Andy Samberg (Brooklyn Nine Nine) e Sandra Oh (Killing Eve).