O documentário Leaving Neverland, sobre os supostos abusos sexuais cometidos por Michael Jackson, já está causando polêmica durante sua exibição no Festival de Sundance.

Críticos que assistiram ao filme em sua primeira exibição estão chocados com o nível de evidências e material que o documentário exibe, que parece não deixar dúvidas de que o icônico artista pop de fato abusou sexualmente de crianças. Os depoimentos de James Safechuck e Wade Robson são usados como principais testemunhas para corroborar essa hipótese que foi discutida a público por anos.

O texto do crítico David Ehrlich, do IndieWire, descreve algumas sequências angustiantes do longa, onde Robson e Safechuck afirmam que Jackson os levava para seu rancho – batizado pelo artista de Neverland – para passar a noite juntos. Ele descreve que Jackson fazia os dois garotos abaixarem as calças e morderem seus mamilos enquanto ele se masturbava, além de forçar sexo oral.


O documentário passa um bom tempo retratando a forma como Jackson abordou os dois garotos, assim como o doloroso processo em que os dois revelam a verdade para suas respectivas famílias, explorando também o período de julgamento e a investigação da perícia.

O texto de Ehrlich sobre Leaving Neverland termina dizendo que os espectadores “talvez não sejam mais capazes de ouvir as músicas de Michael Jackson nunca mais”.

Polícia teme protestos e confusão na exibição do documentário de Michael Jackson em Sundance

Leaving Neverland será transmitido pela HBO na primavera desse ano.

A sinopse do documentário diz: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

O documentário traz entrevistas com James Safechuck e Wade Robson, que alegam ter sido molestados por Michael Jackson quando ainda eram crianças.

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

O Festival Sundance de Cinema acontece em Park City, em Utah, a partir de 24 de janeiro.