Lucas Hedges é uma das grandes sensações de Hollywood. Depois de Manchester à Beira-Mar, o ator de 22 anos emplacou Boy Erased: Uma Verdade AnuladaO Retorno de Ben, que ainda chegará ao Brasil.

Ao The Hollywood Reporter, o jovem ator garantiu que, ao contrário de outros, não sente interesse em fazer filmes de heróis. O problema seria os longos contratos para uma franquia.

O artista disse até que tem outra vontade para o seu próximo trabalho.


“Eu amo comédia. A não ser que tenha um filme especial de fazer um e terminar, eu não me vejo assinando um longo contrato. Soa assustador. Alguns dos atores que estão nesses filmes tem um trabalho desafiador. É realmente impressionante. Eu não vejo que é um desafio que estou morrendo para ter. Mas eu pularia na oportunidade para fazer alguma comédia – algo mais leve e divertido”, declarou o ator.

O Retorno de Ben | Julia Roberts convenceu Lucas Hedges a participar do drama

Em O Retorno de Ben, Lucas Hedges encarnará um jovem que tenta ficar longe do vício de drogas.

“Na manhã da véspera de Natal, Ben (Hedges) volta para casa inesperadamente, surpreendendo a família. Sua mãe, Holly (Julia Roberts), se alegra por passar as festas com o filho, apesar de se preocupar com a capacidade do jovem em permanecer longe das drogas, enquanto sua irmã e seu padrasto temem que ele cause estragos em suas vidas, como já fez tantas vezes antes.

Depois do susto da chegada, Holly concorda em deixa-lo passar o feriado com a família, mas com uma condição: ela será a sombra de Ben nas próximas 24 horas, acompanhando cada movimento do filho. O que ela não imaginava é o quanto as próximas horas seriam turbulentas, com verdades reveladas e seu amor de mãe sendo testado, para conseguir manter o filho seguro”, afirma a sinopse do longa.

Além do ator e Julia Roberts, o elenco ainda conta com Courtney B. Vance (American Horror Story) e Kathryn Newton (Blockers). O filme é de autoria de Peter Hedges, pai de Lucas, e conhecido por Gilbert Grape (1994).

O Retorno de Ben estreia no Brasil em fevereiro de 2019.