Em Simplesmente Amor, de 2003, uma das histórias contadas é a de Karen (Emma Thompson), cujo marido (Alan Rickman) estava tendo um caso secreto com sua assistente.

Em uma cena icônica em particular, Karen desaba em lágrimas depois de perceber que um colar que encontrou no bolso do casaco do marido antes do Natal era para outra mulher.

Simplesmente Amor | Hugh Grant diz que não entende a popularidade do filme


Em entrevista ao Telegraph, Thompson revelou que usou seus próprios conflitos pessoais para melhorar seu desempenho na cena.

“A cena em que minha personagem está perto da cama chorando é tão conhecida porque mostra que tudo acabou.”

Thompson fez referência ao fato de ter sido traída por Kenneth Branagh, com quem foi casada entre 1989 e 1995, quando o ator e cineasta teve um caso com a também atriz Helena Bonham Carter durante as gravações de Frankenstein.

“Tive muito treino enquanto chorava em um quarto, depois tive que sair e ser simpática, pegando os pedaços do meu coração e colocando-os em uma gaveta. Agora… é tudo passado. Não pode guardar nada disso. É inútil. Não tenho mais energia. Helena e eu fizemos as pazes anos atrás. É uma mulher maravilhosa.”

Simplesmente Amor | “Tive o melhor beijo de todos com Rodrigo Santoro”, diz Laura Linney

Simplesmente Amor encantou o público na década de 2000, contando dez histórias paralelas, algumas interligadas, sobre o amor em suas diversas facetas e manifestações.

Recentemente, o filme ganhou uma continuação em forma de curta-metragem, que foi exibido em março de 2017.