Sexta-Feira 13 | Roteirista afirma que processo por direitos da franquia é “um pesadelo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A franquia Sexta-Feira 13 não deve ganhar um filme tão em breve. O roteirista original da franquia, Victor Miller, batalha na justiça pelos direitos de vários elementos do filme. No momento, os do personagem Jason Voorhees estão com a Paramount Pictures.

No canal IAnthonyD, do Youtube, Miller explicou a atual situação do processo. As palavras do roteirista são de que a ação na justiça não deve terminar tão cedo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Todos estão tentando acertar as coisas e colocar os pontos nos Is, colocar os pontos onde eles pertencem, e todo esse tipo de coisa. Quem pega o quê. Quem tem que dar o quê para quem. Então, para mim, é um pesadelo”, relatou o roteirista.

De acordo com a ação legal, como foi revelado no ano passado, produtores da Paramount afirmavam que Miller havia escrito o roteiro de Sexta-Feira 13 como um trabalho encomendado para o estúdio, que visava capitalizar em cima do sucesso estrondoso de Halloween: A Noite do Terror, de 1978.

Sexta-Feira 13 | Produtor de Halloween dá dicas para reboot

Miller, no entanto, refutou as acusações, que significariam que a Paramount teria todo o controle da obra. Os advogados do roteirista afirmaram que ele escreveu o filme a partir de uma ideia original para o cinema, e que em maneira alguma foi uma contratação para trabalhar com Sean S. Cunningham, diretor do original a quem a Paramount refere todo o crédito criativo.

“Se você tem dois lados na mesa… é como pôquer. E você não precisa dizer, ‘Bem, eu pego metade do dinheiro e você pega metade do dinheiro’. Não é assim que funciona. Eu não posso ser mais específico que isso”, explicou Miller.

Ainda no ano passado, Miller recuperou na Justiça americana os direitos da franquia, mas apenas dentro dos EUA. Assim, há elementos do universo que estão com o roteirista e outros elementos que estão com a Paramount.

“Eventualmente, eu terei que aprovar algo. Estou apenas sentado aqui dizendo, ‘Ei, olhe. Eu tenho os direitos do primeiro. Vamos conversar’. E essas pessoas tem jogado fora por 13 anos. Eles não querem dividir nem um centavo. Eu amaria estar mais envolvido em sequências de Sexta-Feira 13. Então, quem sabe, talvez eu vá, talvez não”, declarou o roteirista na entrevista.

O último a tentar a assegurar direitos para uma produção sobre o assassino Jason Voorhees foi Lebron James. Muitos fãs acusam Miller de um atraso no acordo. Uma nova produção de Sexta-Feira 13 não tem previsão para acontecer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio