Vingadores: Guerra Infinita foi o grande vencedor do VES Awards 2019, premiação voltada para os efeitos visuais. Um dado ajuda a explicar esse destaque.

O supervisor de efeitos visuais do filme, Dan DeLeeuw, conversou com Cinema Blend e confirmou que menos de 3% do longa não teve algum tipo de camada. O fato fez com que a revisão na sala de edição mais tranquila.

“Nós ficamos trabalhando nisso por semanas e depois iríamos repassar o filme para ver o que os Irmãos Russo (diretores) fizeram, e ver o que precisava ser editado ou não. E durante a rolagem, se você visse uma cena que não tinha um número nela – porque o número significa que tem efeito nela, você checa para ter certeza que não há nada nela, e nós ficamos, ‘Sim, precisamos ver umas 80 vezes, 80 de bem… 2.623 mil cenas com efeitos visuais no filme”, declarou o supervisor.


Vingadores: Guerra Infinita é o grande vencedor em premiação da Sociedade dos Efeitos Visuais

Assim, a conta é simples. Vingadores: Guerra Infinita teve mais de 2,7 mil cenas na edição, sendo que apenas 80 delas não contam com efeitos. O resultado chega ao número já citado de menos de 3%.

A continuação de Vingadores: Guerra Infinita deve mostrar o embate final entre Thanos e os Vingadores. A Capitã Marvel e o Homem-Formiga devem se unir à super-equipe na história.

Vingadores: Ultimato chega aos cinemas no dia 25 de abril.