O clássico Forrest Gump, de 1994, teria uma continuação. A revelação foi feita por Eric Roth, roteirista do original, ao Yahoo!.

Roth contou que o script estava praticamente pronto. O que fez o filme ser cancelado foi o atentado contra as torres gêmeas do World Trade Center, em 11 de setembro de 2001.

O que acontece é que a continuação, assim como o original, contaria com Forrest Gump participando de fatos históricos. Um deles seria o atentado de Oklahoma, de 1995, que registrou 168 mortos.


A coincidência trágica é que o roteiro tinha sido apresentado ao estúdio em 10 de setembro de 2001. Um dia depois, Roth se encontrava com Robert Zemeckis e Tom Hanks. Os três conversaram e acharam melhor não continuar o longa.

“Tudo perdeu sentido. Nós nos encontramos e conversamos como a vida na América estava trágica. Nós olhamos um para o outro e constatamos que o filme não fazia mais sentido”, declarou o roteirista.

Forrest Gump | Bollywood está produzindo remake

Entre os trechos do filme, Forrest Gump entraria no carro de O.J. Simpson, em perseguição policial que ficou famosa, quando o ex-atleta foi acusado de assassinar a esposa, em 1994.

“Eu o coloquei no banco de trás do carro do O.J. Ele acabaria olhando pela janela de vez em quando, mas não seria visto e em determinado momento ele sairia do carro”, relembrou Roth.

O personagem de Tom Hanks também se lembraria como viu de perto a dança de John Travolta e da Princesa Diana, em 1985, na Casa Branca. Além disso, Forrest Gump 2 mostraria o drama de Forrest Gump Jr., que seria excluído na escola por ter AIDS, transmitida pela mãe.

O clássico de 1994 foi dirigido por Robert Zemeckis e estrelado por Tom Hanks. A história segue Forrest Gump, um otimista por natureza com o pensamento um pouco lento. O personagem conta a história de sua vida, que envolve até a Guerra do Vietnã, e compartilha a sua preocupação mais difícil de salvar: o seu amor de infância, a perturbada Jenny.