Leaving Neverland | Fãs protestam em sede do canal que exibirá documentário no Reino Unido

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fãs de Michael Jackson prometem “ir à guerra” contra o documentário Leaving Neverland, que conta as histórias de dois homens que alegam terem sido abusados sexualmente pelo cantor quando ainda eram crianças.

O filme está programado para ir ao ar no Reino Unido em duas partes no Channel 4, começando na noite de quarta-feira (6).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antes da primeira transmissão, um grupo de manifestantes se reuniu do lado de fora da sede da rede em Londres para protestar.

Segundo relatos, o grupo de cerca de 20 a 30 fãs de Michael Jackson, com muitos cartazes, se reuniu na frente do Channel 4 por volta do meio-dia de quarta-feira, com alguns tendo viajado de lugares distantes, como a Áustria, para protestar.

Os manifestantes gritavam coisas como “inocente”, “fatos não mentem” e “Channel 4, que vergonha”, além de críticas aos relatos de Wade Robson e James Safechuck: “eles fraudaram o movimento #MeToo!”

Leaving Neverland | Corey Feldman defende Michael Jackson:”Nunca me tocou”

O documentário conta a seguinte história: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

Leaving Neverland será exibido no Brasil em duas partes na HBO, nos dias 16 e 17 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio