“Não é meu papel defendê-lo”, diz filha de Michael Jackson sobre acusações

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixando Neverland, polêmico documentário que traz supostos casos de abuso sexual cometidos por Michael Jackson, está dando o que falar na imprensa.

Recentemente, Paris Jackson, filha de 20 anos do cantor falecido, foi ao Twitter para comentar a questão, afirmando que não é seu papel defendê-lo, já que eu irmão Taj faz um bom trabalho por si só.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“there’s nothing i can say that hasn’t already been said in regards to defense. taj is doing a perfect job on his own. and i support him. but that’s not my role.”

“Não há nada que eu possa dizer que ainda não tenha sido dito em relação a defesa. Taj está fazendo um trabalho perfeito por conta própria. E eu o apoio. Mas esse não é meu papel. Eu só vou tentar fazer todo mundo relaxar e seguir o fluxo, serem flexíveis e pensar no quadro geral. Essa sou eu”, escreveu Jackson.

Deixando Neverland | Ex-namorada diz que acusador mente por dinheiro

O documentário conta a seguinte história: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Ações judiciais movidas por Robson e James Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

Deixando Neverland será exibido no Brasil em duas partes na HBO, nos dias 16 e 17 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio