Em entrevista ao site Digital Spy, Ben Affleck discutiu a abordagem da masculinidade tóxica no filme Operação Fronteira, da Netflix.

Operação Fronteira | Ben Affleck tentou fazer Oscar Isaac revelar segredos de Star Wars 9

“Eu acho que o filme mostra os dois lados da masculinidade, tanto a versão mais tóxica quanto a ideal. Nós mostramos como homens são leais, se amam e se protegem. E também mostramos o pior lado da masculinidade, que é acreditar que todos os problemas podem ser resolvidos com violência. A maioria dos criminosos violentos são homens, e homens também são as maiores vítimas da violência. Então, esse conceito de masculinidade é uma praga na sociedade, e nós ainda não conseguimos lidar com ele”, afirmou Affleck.


Operação Fronteira conta a história de um grupo de ex-militares que querem assaltar o cartel mais perigoso do mundo para benefício próprio. O objetivo é levar para casa a quantia de US$ 75 milhões.

Além de Ben Affleck e Oscar Isaac, o elenco ainda conta com Charlie Hunnam, Garrett Hedlund e Pedro Pascal. A direção é de J.C. Chandor (O Ano Mais Violento).

Operação Fronteira chega na Netflix em março.