Processo de produtor de Triplo X contra Vin Diesel é reaberto

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O The Hollywood Reporter anunciou nesta terça-feira (26) que o processo do produtor executivo George Zakk, da franquia Triplo X, contra o ator Vin Diesel foi reaberto na Corte Superior de Los Angeles.

Após o caso ter sido fechado em 2017, a corte está dando nova vantagem a Zakk, afirmando consideração de outras queixas do produtor, agora deixando a decisão do juiz revertida em favor de uma nova análise.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No processo, preenchido em janeiro de 2017 na Corte Superior de Los Angeles, Zakk disse que foi uma “peça instrumental na criação, desenvolvimento e finalizando o usufruto do projeto” do primeiro Triplo X, de 2002, e que teve um acordo no qual receberia, no mínimo, 200 mil dólares em compensação, além de ter o nome creditado como produtor para a sequência.

No entanto, Zakk alega que não houve cumprimento da parte de Vin Diesel, que se recusou em manter a promessa. Em maio de 2017, o primeiro processo dele foi arquivado, após o juiz decidir que Zakk não havia provado com mais detalhes suas alegações.

O processo está em andamento nos EUA, enquanto Triplo X 4 segue em desenvolvimento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio