1917, filme de guerra de Sam Mendes, terá um único plano sequência, diz site

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

1917, o novo filme de Sam Mendes, com Benedict Cumberbatch aparentemente será mais épico do que já imaginávamos. De acordo com o Indiewire, o filme terá um único plano sequência, ao estilo de Birdman.

A informação ainda não foi confirmada pela equipe ou pelo estúdio, portanto leve como rumor, mas seria certamente interessante ver essa manobra ousada de Sam Mendes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O longa seguirá dois jovens soldados britânicos, que serão interpretados por George MacKay (Capitão Fantástico) e Dean-Charles Chapman (Game of Thrones), em um importante dia da guerra.

Juntam-se aos jovens atores, além dos dois veteranos citados, Benedict Cumberbatch, Mark Strong (Shazam!), Andrew Scott (Sherlock), Richard Madden (Segurança em Jogo), Daniel Mays (Rogue One: Uma História Star Wars), Adrian Scarborough (Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível), Jamie Parker (Harry Potter e a Pedra Filosofal), Nabhaan Rizwan (Informer) e Claire Duburcq.

A produção também anunciou quem será o time criativo por trás do épico. A direção de fotografia será de Roger Deakins (Blade Runner 2049); a produção de design é de Dennis Gassner (Estrada para Perdição); o figurino fica com Jacqueline Durran (Anna Karenina); a edição com Lee Smith (Dunkirk); e a trilha sonora com Thomas Newman.

O filme 1917 foi anunciado ainda em novembro do ano passado. O longa, que terá direção de Sam Mendes, ganhou data de estreia para dezembro.

Sam Mendes co-escreveu o filme ao lado de Krysty Wilson-Cairns (Penny Dreadful) e Steven Spielberg atuará como produtor com sua Amblin Parterns. O longa tem um orçamento de US$ 100 milhões, mesmo valor dado a Christopher Nolan em seu épico de guerra, Dunkirk.

1917 chegará aos cinemas dos EUA em 25 de dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio