Dave Bautista diz que não faria Guardiões da Galáxia 3 sem James Gunn

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dave Bautista foi um dos grandes defensores de James Gunn quando o diretor foi demitido do comando de Guardiões da Galáxia Vol. 3.

Em entrevista para a Variety, o intérprete de Drax falou mais sobre o assunto, e ainda disse que não se imaginava fazendo o terceiro filme sem Gunn.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu falei o que sentia e fui honesto sobre isso do jeito que eu pensei. Eu achei que ele estava sendo sacaneado. Achei que era uma escolha ruim, uma péssima decisão”, diz o ator.

“Eu queria fazer até o fim. Esses caras são como uma família pra mim, e eu queria estar envolvido no terceiro filme. Eu queria usar o roteiro de James porque é um roteiro lindo. Seguir em frente sem o James era um problema pessoal pra mim”, confessa Bautista.

“Eu sou obrigado por contrato a fazer o terceiro filme, mas eu acho que a Marvel e a Disney, se eu realmente fizesse pressão e falasse que não faria o filme sem o James, eu acho que eles teriam sido decentes o bastante para me deixar sair do contrato. Não me imagino fazendo esse filme sem o James”, diz o ator.

James Gunn foi inicialmente demitido após internautas encontrarem uma série de tuítes com piadas preconceituosas e envolvendo assuntos como estupro. Como as publicações eram antigas, fãs e até membros do elenco se mobilizaram para que a Disney recontratasse o cineasta, o que aconteceu.

Guardiões da Galáxia 3 segue sem previsão de estreia anunciada pela Disney.

Os personagens de Guardiões da Galáxia retornarão para Vingadores: Ultimato, que estreia em 25 de abril.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio