Era Uma Vez em Hollywood é o filme mais pessoal e comovente de Quentin Tarantino

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diversas informações sobre Era Uma Vez em Hollywood, novo filme do premiado Quentin Tarantino, foram reveladas na Entertainment Weekly nesta quinta-feira (25).

Surpreendentemente, o produtor David Heyman disse que, ainda que o longa tenha todo o humor e traços típicos da carreira do cineasta, é seu filme mais pessoal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Esse é o filme mais pessoal do Quentin. São as memórias dele crescendo em Los Angeles e sendo fã de Hollywood”, explica.

“Isso tudo culmina não apenas em seu filme mais pessoal, mas também comovente. É muito comovente, por ser uma história pessoal”, diz Heyman, comparando o filme com Roma, de Alfonso Cuarón.

No novo filme de Quentin Tarantino, a dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitt toma a frente, interpretando, respectivamente, um ator de TV em decadência e seu dublê na Hollywood de 1969.

Os atores são vizinhos de um casal bem conhecido da época: Roman Polanski e Sharon Tate, que seria assassinada por membros do culto de Charles Manson em uma fatídica noite daquele mesmo ano.

Timothy Olyphant, Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Tim Roth, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh, Nicholas Hammond, Bruce Dern e Margot Robbie completam o elenco.

Era Uma Vez em Hollywood tem previsão de lançamento para o dia 15 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio