Explicamos o final de A Maldição da Chorona e a revelação nos créditos finais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O final de A Maldição da Chorona não traz nenhum mistério, mas há uma revelação no meio dos créditos que pode pegar os espectadores desprevenidos.

No fim do filme, a assombração vai atrás da família Tate-Garcia, os atacando em sua casa, buscando as crianças para si a fim de matá-las posteriormente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No fim, Anna consegue uma cruz feita da árvore em chamas e atravessa o coração da Chorona, a matando. Ao menos é o que acreditamos.

Durante os créditos finais podemos escutar o característico choro da assombração, o que indica que, na realidade, ela sobreviveu ao fim do filme. Dito isso, pode ser que a vejamos em futuros filmes do universo de Invocação do Mal.

“La Llorona. A Mulher chorona. Uma aparição assustadora, pega entre o céu e o inferno, presa em um terrível destino selado pelas próprias mãos. A mera menção do seu nome tem trazido terror ao mundo por gerações. Em vida, ela afogou os seus filhos em uma raiva egoísta, se jogando no rio logo em seguida, e depois ela chorou de dor.”

“Ignorando a ameaça de uma mãe suspeita de abuso infantil, uma assistente social e os seus filhos são enviados para um reino sobrenatural. A única esperança para escapar da armadilha mortal de La Llorona pode ser um padre desiludido e o misticismo que ele pratica para manter o mal afastado, nas margens onde a fé e o medo entram em colisão”, revela a sinopse oficial.

Jaynee-Lynne Kinchen será o protagonista da história, sendo a assistente social que busca saber mais sobre o desaparecimento de duas crianças.

Além de Kinchen, Linda Cardellini, Sean Patrick Thomas, Patricia Velasquez e Raymond Cruz farão parte do elenco do longa. A direção fica a cargo de Michael Chaves, que também dirigirá Invocação do Mal 3.

A Maldição da Chorona está em exibição nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio