Antes de dirigir o aguardado Star Wars: A Ascensão Skywalker, J.J. Abrams foi responsável pela revitalização da saga espacial em 2015, quando lançou O Despertar da Força nos cinemas.

Apesar da boa recepção, uma das críticas ao filme foi a estrutura extremamente similar à de Uma Nova Esperança, primeiro filme da saga. Em entrevista para o Fandango, Abrams falou sobre essa semelhança explícita.

“Muitas pessoas reclamaram e falaram, ‘Ah, O Despertar da Força foi apenas um remake de Uma Nova Esperança’, e ainda que obviamente essa nunca tenha sido a intenção, foi para apresentar novos personagens e usar os velhos, e há um senso natural em qualquer jornada do herói que acaba se manifestando”, justifica o diretor.


Star Wars: A Ascensão Skywalker traz veteranos da franquia como Carrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Mark Hamill, Billy Dee Williams, Anthony Daniels e Ian McDiarmid.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Matt Smith, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

J.J. Abrams (Star Wars: O Despertar da Força) retorna para a cadeira de direção. Ele também assina o roteiro, ao lado de Chris Terrio (Liga da Justiça).

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.