O Rei Leão pode superar Vingadores: Ultimato como maior filme de 2019

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há diversos lançamentos aguardadíssimos para 2019, mas é possível argumentar que a Disney tem a seleção com mais potencial de lucro neste ano.

Entre os grandes pesos pesados, Star Wars: A Ascensão Skywalker e Vingadores: Ultimato destacam-se como algumas das obras mais esperadas. Porém, ainda que a antecipação para o grande filme da Marvel Studios seja colossal, o Screenrant aposta que o remake de O Rei Leão será o campeão de bilheteria do ano.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O site traz argumentos sólidos. Um deles é o sucesso do remake de A Bela e a Fera em 2017, que ultrapassou US$1 bilhão nas bilheterias mundiais, fruto de uma forte onda de nostalgia por parte do público. O Rei Leão tem isso de sobra, e certamente deve se juntar ao clube do bilhão.

O lançamento do primeiro trailer do filme de Jon Favreau também é um fator relevante. O interesse popular é imenso, e ao contrário de Vingadores: Ultimato, tem o potencial de alcançar os quatro quadrantes de público – principalmente pelo interesse de um público mais velho para conferir o filme/

O Rei Leão é uma obra adorada, e o público até mesmo garantiu um bom lucro quando a animação de 1994 foi relançada nos cinemas em 3D em 2011. Uma versão em computação gráfica trará um alcance similar, e até mesmo maior por contar com efeitos visuais revolucionários – seguindo aqui também a cartela de Avatar, que foi um estouro de bilheteria graças à revolução tecnológica.

Na trama da nova versão de O Rei Leão, Donald Glover dará voz ao Simba adulto. O ator e músico co-protagoniza ao lado de Beyoncé, que fará Nala.

A superprodução conta ainda com Chiwetel Ejiofor, Alfre Woodard, Keegan Michael-Key, Billy Eichner, Seth Rogen e James Earl Jones.

Jon Favreau (Homem de Ferro, Mogli: O Menino Lobo) dirige a nova versão.

O Rei Leão chega aos cinemas brasileiros em 18 de julho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio