Sitcom dos anos 80 ajudou a moldar Thanos, diz criador do vilão de Vingadores: Ultimato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Thanos é um dos responsáveis pelo sucesso de Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. Esse vilão perigoso, porém, foi moldado a partir de uma comédia, em parte de sua história.

Ao Inverse, Jim Starlin relembrou como desenvolveu o Titã Louco. Os fãs podem começar a agradecer a sitcom Cheers, dos anos 80. Com ela, o quadrinista teve a ideia de fazer o personagem ter uma relação com a Lady Morte.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu quis dar a ele uma relação como a de Sam e Diane em Cheers, completamente disfuncional. Alguém como Thanos, onde esse seria o único de tipo de relação que ele teria. E você não pode ter algo mais inatingível do que com a Morte”, explicou o criador.

A relação de Thanos com a Lady Morte aparece em uma HQ do Surfista Prateado que prepara a trama de A Manopla do Infinito – série que inspira os filmes finais dos Vingadores. Ou seja, parte do traço destrutivo do vilão nasce da história com a sua companheira. Mesmo assim, vale lembrar que ela não aparece nos filmes da Marvel.

O elenco confirmado de Vingadores: Ultimato inclui Robert Downey Jr, Chris Evans, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Paul Rudd, Don Cheadle, Tessa Thompson, Bradley Cooper, Brie Larson, Karen Gillan, Josh Brolin, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau e Tessa Thompson.

Anthony e Joe Russo (Vingadores: Guerra Infinita) retornam para a direção.

Com 3 horas e 1 minuto de duração, Vingadores: Ultimato será o filme mais longo da história da Marvel Studios.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio