Vingadores: Ultimato trouxe um grande problema para Doutor Estranho 2; entenda!

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

CONTÉM SPOILERS!

Vingadores: Ultimato trouxe implicações enormes para Doutor Estranho 2. Filme de 2016, Doutor Estranho apresentou aos espectadores os Mestres das Artes Místicas, um bando de feiticeiros que juraram proteger o tecido da realidade. Stephen Strange tornou-se um dos seus membros mais promissores, a sua memória fotográfica permitindo-lhe captar rapidamente os princípios da magia, especialmente quando procurava conhecimentos proibidos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante anos, a Marvel discutiu abertamente a possibilidade de Doutor Estranho 2. Robert C. Cargill deve retornar como roteirista, com Scott Derrickson como diretor. Hoje, o MCU é um pouco diferente. Em 2016, a Marvel estava hesitante sobre a introdução da magia, sem saber o quão bem ela se encaixaria no universo pseudocientífico que construíram. Esses temores provaram ser infundados, e desde então o MCU abraçou a magia, notavelmente em Thor: Ragnarok, onde os Asgardianos foram tratados como deuses reais no passado. Pouco se sabe sobre o enredo de Doutor Estranho 2, mas especula-se que possa ser usado o vilão Pesadelo, um ser retorcido da Terra dos Sonhos.

Resta saber se isto se tornará realidade. Mas uma coisa é certa: Doutor Estranho se tornou uma peça importante do MCU depois de lutar ao lado dos Vingadores. E Vingadores: Ultimato mudou totalmente seu status quo.

A Joia do Tempo era a maior arma do Doutor Estranho

Os Mestres das Artes Místicas sempre se consideraram os protetores juramentados da Joia do Tempo, que estava contida dentro de um talismã conhecido como o Olho de Agamotto, que usavam ativamente. A Ancião guardava o Livro de Cagliostro, que incluía um guia sobre como manipular os poderes da Joia do Tempo.

Em sua cena de morte em Doutor Estranho, a Anciã revelou que usou a Joia do Tempo para identificar futuras ameaças e descobrir como derrotá-las, assim como o Doutor Estranho fez em Vingadores: Guerra Infinita. Seu modus operandi girava em torno do uso da Joia do Tempo, que portanto era de suma importância.

Não há mais uma Joia do Tempo

Depois de Vingadores: Ultimato, os Mestres das Artes Místicas não têm mais a Joia do Tempo. Thanos usou o Manopla Infinito para destruir as Joias do Infinito, reconhecendo que elas serviriam como uma tentação para qualquer um que viesse atrás dele para tentar desfazer o estalar de dedos.

Ele estava certo: foi literalmente o primeiro plano dos Vingadores. Notavelmente, a destruição das Joias do Infinito criou uma onda de energia tão potente quanto o próprio estalar de dedos. A energia gasta chegou perto de matar Thanos. Mas a ação foi feita. Não há mais Joias.

O mundo está mais vulnerável que nunca

No presente do MCU, os Mestres das Artes Místicas perderam a Joia do Tempo e, como resultado, a Terra está mais vulnerável do que nunca. Tony Stark uma vez sonhou em criar uma armadura que envolvesse o planeta, protegendo-a de danos. Em termos místicos, é exatamente isso que os Mestres das Artes Místicas são, e a Joia do Tempo estava no centro de sua defesa.

Quando a realidade foi ameaçada, os Mestres das Artes Místicas teriam usado a Joia do Tempo para descobrir como resolver seus grandes problemas, o que não é mais possível. Agora, eles estão voando às cegas, sem certeza garantida de sucesso. Pesadelo pode ser um dos caras que se aproveitam disso para atacar a realidade.

Ainda não oficializado pelo Marvel Studios, Doutor Estranho 2 contará com o retorno de Benedict Cumberbatch como o Mago Supremo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio