Jon Favreau retornará em Homem-Aranha: Longe de Casa como Happy, conhecido por ser o braço direito de Tony Stark e Pepper Potts. No entanto, o ator está aberto para outras funções.

O famoso é o primeiro diretor dos estúdios da Marvel. Homem de Ferro, de 2008, foi comandado por Jon Favreau. Depois, o artista só repetiu a função em Homem de Ferro 2, de 2010.

Desde então, apenas aparece como Happy nos filmes. Ao ComicBook, o famoso diz que adoraria voltar a dirigir para Marvel – não especificamente nos cinemas.


“Atualmente, quem sabe? Com todas diferentes plataformas e serviços de streaming. Eu faço parte do time do serviço de streaming da Disney. Todas essas tecnologias que estão surgindo são muito legais. Não é como em canais de TV ou blockbusters que todo público tem que estar ligado… Tudo tinha que ser feito para o grande público. Hoje, você pode fazer conteúdo específico para grupos específicos”, explicou Jon Favreau.

O ator e diretor ainda se disse curioso com a competição que o Disney + causará com os cinemas. Para Jon Favreau é uma ótima oportunidade de explorar personagens diferentes.

“Permite vozes novas e novas visões, e certamente a Marvel tem várias possibilidades porque são muitos personagens que não ganham espaços nos filmes, mas que estão na mesma narrativa. Ganha vários capítulos, então é empolgante ver no que vai se tornando”, destacou o famoso.

Tom Holland retorna como Homem-Aranha. Zendaya, Michael Keaton, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estarão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participará como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisando o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal será o vilão Mysterio, que dessa vez será um aliado do Homem-Aranha.

Dirigido novamente por Jon Watts, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia nos cinemas brasileiros em 4 julho.